A reprodução das relações de produção

R$ 26,00
Quantidade disponível: 9
Após a Segunda Guerra Mundial e a estabilização relativa do capitalismo com o chamado Welfare State, um novo paradigma emerge, o reprodutivismo. O paradigma reprodutivista traz a hegemonia linguística dos termos sistema, estrutura, função, reprodução, integração. As ideias dominantes apontavam para a integração da classe operária e predomínio da sociedade de consumo e da indústria cultural a as ideologias estruturalistas e funcionalistas reinavam. A crise e lutas sociais dos anos 1960 colocaram estas concepções em crise e os anos 1970 viu a emergência, por um lado, de ideologias subjetivistas e, por outro, um renascimento do pensamento crítico e revolucionário. É nesse contexto que Henri Lefebvre tematiza a questão da reprodução e das supostas superações que emergem, ao mesmo tempo criticando e reproduzindo elementos das novas concepções emergentes e, especialmente, das concepções hegemônicas superadas. O presente livro de Lefebvre é sintoma de uma época e ajuda a compreender os seus desdobramentos ideológicos posteriores.


Informações adicionais

 

Autor Henri Levebvre
Formato 14x21 cm
Páginas 100
Acabamento Brochura
ISBN 978-65-86705-14-0
Ano de Publicação 2020
Edição 1
• Prazo para postagem:
• Código do produto: 7AC2B1
• Quantidade mínima: 1
Veja também